Vinicom assegura distribuição da Howard’s Folly

A Vinicom passa a assegurar a representação exclusiva no mercado nacional dos vinhos do produtor Howard’s Folly. Com a entrada da Howard’s Folly no nosso portfólio, a Vinicom alarga o leque de produtores alentejanos onde já contávamos com os projectos Bojador e Tangente.

Para Duarte Sousa Coutinho, director comercial da Vinicom, «a região do Alentejo tem uma reputação muito consolidada nos mercados nacional e externo e tem sido capaz de se reinventar e apresentar novos projectos como o da Howard’s Folly. Estamos entusiasmados por podermos contar com um produtor com o perfil e posicionamento da Howard’s Folly e cujo potencial de crescimento em vendas e notoriedade é imenso.»

A Howard’s Folly foi criada em 2002 pelo empresário e coleccionador de arte britânico Howard Bilton e pelo australiano David Baverstock, nome incontornável da enologia em Portugal onde já trabalhou em empresas como Esporão, Symington Family Estates, Quinta do Crasto ou Ravasqueira. Apesar da adega se situar na cidade de Estremoz, as vinhas situam-se na zona de Portalegre onde beneficiam da frescura da Serra de São Mamede.

A aposta da Howard’s Folly passa pela produção de pequenos lotes de vinhos premium com base em vinhas velhas de castas como Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Trincadeira, Aragonez, Castelão ou Syrah. A empresa produz ainda um vinho licoroso de Carcavelos resultante de um field blend de variedades como Arinto, Galego Dourado, Boal, Rabo de Ovelha ou João Santarém.

Os vinhos da Howard’s Folly encontram-se já disponíveis no website da Vinicom e podem ser adquiridos AQUI.

Vinicom presente na Essência do Vinho 2022

A Essência do Vinho está de regresso e a Vinicom, como habitual, marcará presença nesta edição que voltará a realizar-se no Palácio da Bolsa, no Porto. A 18ª edição deste evento único no panorama vínico nacional, decorrerá entre os dias 31 de Março e 3 de Abril.

Estaremos presentes com diversos produtores que orgulhosamente representamos: Quinta do Vale Meão, Lavradores de Feitoria, Montez Champalimaud (Paço de Teixeiró e Quinta do Côtto), Blackett, AB Valley Wines, Vale da Corça, Quinta de Stº António, Bojador, Freixenet e Mionetto.

Durante a Essência do Vinho 2022 estarão em prova mais de 4.000 vinhos de cerca de 400 produtores nacionais e estrangeiros. Decorrerá em paralelo um intenso programa de actividades com destaque para uma prova comentada de vinhos do Douro e Porto dedicada aos produtores Quinta do Côtto, Lavradores de Feitoria e Blackett.

Pode aceder AQUI para saber tudo sobre a Essência do Vinho 2022 e comprar os seus bilhetes. Esperamos por si!

Celebramos mais um Dia Internacional do Vinho do Porto

O dia 27 de janeiro volta a ser marcado pela celebração em todo o mundo de um verdadeiro ícone nacional: o Vinho do Porto. A iniciativa Dia Internacional do Vinho do Porto foi criada no ano de 2012 pela instituição norte-americana Center for Wine Origins da qual faz parte o Instituto dos Vinhos do Douro e Porto.

O Vinho do Porto é um vinho fortificado e produzido exclusivamente a partir de uvas provenientes da Região Demarcada do Douro. Apesar de produzida com uvas do Douro e armazenada nas caves de Vila Nova de Gaia, esta bebida ficou conhecida como “Vinho do Porto” a partir da segunda metade do século XVII por ser exportada para todo o mundo a partir desta cidade.

O que torna o Vinho do Porto diferente dos restantes vinhos, além do clima único, é o facto de a fermentação do vinho ser interrompida através da adição de aguardente vínica. Assim, o Vinho do Porto é um vinho naturalmente doce e mais forte do que os restantes vinhos.

Faça a encomenda dos seus Portos preferidos AQUI e celebre connosco o Dia Internacional do Vinho do Porto.

Portugal Masters de regresso com a Vinicom

O maior evento de golfe em Portugal está de regresso a Vilamoura e novamente com o patrocínio da Vinicom.

O Portugal Masters 2021, torneio que integra o circuito europeu de golfe European Tour, irá realizar-se de 4 a 7 de Novembro, novamente no Dom Pedro Victoria Golf Course, em Vilamoura.

Espera-se que a prova atraia cerca de 40.000 visitantes e uma elevada cobertura mediática a nível global.

Nesta edição do Portugal Masters, a Vinicom é, uma vez mais, o patrocinador oficial de bebidas (vinhos e espumantes) com as marcas Freixenet e Mionetto.

Regressamos ao Vinhos & Sabores

O maior evento vínico do país está de regresso, com a presença de mais de 300 produtores e um programa de animação que inclui provas informais, sessões especiais e diálogos à mesa. Para além da exposição e degustação de vinhos nos stands, o visitante tem também a oportunidade de viver outras experiências e adquirir mais conhecimentos sobre este mundo fascinante.

Este ano, a feira é organizada em parceria pela revista Grandes Escolhas e pelo jornal Público, sendo sobretudo uma celebração do vinho português. Decorre de 16 a 18 de Outubro, no Pavilhão 4 da FIL – Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações.

A Vinicom marcará presença com os produtores Freixenet, Mionetto, Quinta do Vale Meão, Lavradores de Feitoria, Montez Champalimaud, Blackett Port, AB Valley Wines, Quinta de Stº António, Tagente e Ameias.

Para saber tudo sobre este evento, pode aceder AQUI.

Novas colheitas de Três Bagos

Já estão no mercado as novas colheitas da gama Três Bagos da Lavradores de Feitoria. Os brancos Três Bagos Sauvignon Blanc e Três Bagos Reserva Branco contam com a colheita de 2020, enquanto que o Três Bagos Reserva Tinto apresenta-se com a colheita de 2018.

Os vinhos Três Bagos Reserva Branco e Tinto são como irmãos: são ambos vinhos de lote, com estágio parcial em madeira e unem três castas típicas do Douro, provenientes das três sub-regiões: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior. No Três Bagos Reserva Branco, Viosinho, Rabigato e Gouveio; e no Três Bagos Reserva Tinto, Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional, provenientes de vinhas com mais de 30 anos.

Pode encontrar a gama Três Bagos AQUI.

Marca Ameias reforça portefólio da Vinicom

É com muito gosto que anunciamos a chegada de um novo produtor ao nosso portefólio Vinicom, a SIVIPA.

A marca AMEIAS representa o melhor de Palmela: vinhos fruto de produção integrada e respeito pelo ambiente cujo Terroir é influenciado pela Serra, pelas Areias e pelo Atlântico.

A SIVIPA foi fundada no ano de 1964 por um grupo de vitivinicultores que se uniu para formar esta sociedade vinícola. Com o objetivo de engarrafar os vinhos das suas produções e de os colocar no mercado, hoje em dia os seus vinhos e moscatéis têm grande reputação, além disso, são a sociedade mais premiada na região de setúbal.

O nome “Ameias” surge da importância do Castelo de Palmela para a região. As ameias são as aberturas no parapeito das muralhas de um castelo ou fortaleza, por onde os defensores visavam o inimigo.

É, também, a gama mais completa das marcas da Sociedade Vinícola de Palmela. É a única gama que tem espumante e monovarietal de Touriga Nacional. Os vinhos não têm açucares ou aromas adicionados, são vinhos pouco trabalhados a nível enológico, mas com grande caracter, fiéis ao ADN dos vinhos de Palmela e ao seu Terroir.

O seu portfólio de vinhos e moscatéis inclui uma Grande Medalha de Ouro no Concours Mondial de Bruxelles, Platinum – Melhor Vinho Fortificado de Portugal no Decanter 2017 e altas pontuações na The Wine Advocate. Com mais de 50 anos de existência, a SIVIPA continua a sua jornada de divulgação dos melhores vinhos desta bela região vinícola portuguesa.

Já poderá comprar no nosso site os vinhos da marca Ameias AQUI.

17 anos a distribuir grandes marcas

É com muito orgulho que há 17 anos distribuímos grandes marcas. Quando a Vinicom foi fundada em 2004, iniciámos este projeto com a missão de desenvolvermos as marcas dos produtores com os quais temos trabalhado e que muito têm feito para melhorar a imagem de qualidade do sector do vinho ao longo dos anos. Acreditamos que temos conseguido concretizar esta missão diariamente. O nosso muito obrigado a todos!

James Suckling atribui entre 90 e 92 pontos a cinco tintos da Lavradores de Feitoria

O reputado crítico de vinhos norte-americano James Suckling provou diversos tintos da Lavradores de Feitoria e os resultados estão à vista, a começar desde logo pela colheita de 2016 do Três Bagos Grande Escolha Tinto, que ainda não chegou ao mercado, com a atribuição de 92 pontos e que o crítico descreve como um vinho polido, muito sedutor e que pode ainda permanecer mais algum tempo na cave do produtor duriense.

Também o Meruge Tinto 2017 recebeu 92 pontos e nele Suckling destaca os aromas de cerejas desidratadas, groselhas, praliné, folhas secas, pétalas de flores secas e especiarias. Apresenta corpo médio, taninos elegantes, frescura e boa acidez.

O crítico atribuiu ainda 92 pontos ao Quinta da Costa das Aguaneiras, o qual considera um tinto encorpado, com taninos firmes e mastigáveis. Um vinho rico e polido, que está pronto a beber, mas fará furor a partir de 2022.

Com 91 pontos, o Três Bagos Reserva Tinto 2017 apresenta aromas de amoras silvestres, violetas secas e azeitonas pretas, com notas de cogumelos e carne fumada. No palato, revela taninos firmes e elegantes integrados com uma boa acidez.

Finalmente o Lavradores de Feitoria Tinto, da colheita de 2018, James Suckling classificou-o com 90 pontos e descreve-o como um vinho suculento e saboroso, com aromas a cereja preta, violetas, ervas secas e ostras. Tem corpo médio, com taninos finos e firmes.

Aproveite e participe no passatempo que está a decorrer no nosso Instagram @_vinicom_ até dia 16 de Fevereiro e habilite-se a ganhar uma garrafa Magnum de Três Bagos Sauvignon Blanc e um saca-rolhas.

Celebre o Dia Internacional do Vinho do Porto

Hoje, dia 27 de janeiro, celebra-se o Dia Internacional do Vinho do Porto, uma iniciativa criada em 2012 pelo Center for Wine Origins, uma instituição dos Estados Unidos da qual o Instituto dos Vinhos do Douro e Porto faz parte.

O Dia do Vinho do Porto também é festejado a 10 de setembro, data em que foi criada aquela que é considerada a primeira região demarcada do Mundo – o Douro Vinhateiro, em 1756 pelo Marquês de Pombal.

O Vinho do Porto é um vinho natural e fortificado, produzido exclusivamente a partir de uvas provenientes da Região Demarcada do Douro. Apesar de produzida com uvas do Douro e armazenada nas caves de Vila Nova de Gaia, esta bebida alcoólica ficou conhecida como “Vinho do Porto” a partir da segunda metade do século XVII por ser exportada para todo o mundo a partir desta cidade.

O que torna o vinho do Porto diferente dos restantes vinhos, além do clima único, é o facto de a fermentação do vinho não ser completa, sendo parada numa fase inicial, através da adição de uma aguardente vínica neutra. Assim o vinho do Porto é um vinho naturalmente doce e mais forte do que os restantes vinhos.

O Vinho do Porto tem uma enorme diversidade de tipos, são eles o Branco, o Ruby o Tawny e o Rosé, que surpreendem pela riqueza e intensidade de aromas incomparáveis.

E como o Vinho do Porto é para saborear sempre, nomeadamente em momentos de comemoração, a Vinicom convida-o a aproveitar as oportunidades em que ele próprio é comemorado, de forma especial.

Participe no passatempo que está a decorrer no nosso instagram @_vinicom_ até dia 31 de Janeiro e habilite-se a ganhar uma garrafa de Blackett Tawny Reserve ou Meandro Finest Reserve, das 12 que temos para sortear.

Ou faça a sua encomenda AQUI.